domingo, 21 de março de 2010

CHUVAS DE VERÃO

Você chegou tão de mansinho,
como chuva de verão,
Trouxe tanta alegria
Para este triste coração.
Com você veio novamente,
a vontade de ser feliz,
Sorrir, e até mesmo cantar,
olhar com carinho,o voo da borboleta,
e ouvir o canto dos pássaros.
Pois a ventura já não morava mais em mim.
Agora tudo é mais bonito
Tristeza nunca mais.

Zeli ironi

3 comentários:

eliane disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
eliane disse...

QUERIDA ZELI AMEI ESTE POEMA,LINDO!!
DE MAIS,BJUSS DA
AMIGA ELIANE.

Zeli Ironi disse...

agradeço pelo carinho da amiga!bjs Volte sempre.
Zeli